Dias de luta, dias de glória! Boa Esporte vence o CSA em casa

cats

Em atuação irreconhecível na noite deste sábado (1º), o CSA perdeu por 3 a 0 para o Boa Esporte no Estádio Dilzon Melo, em Varginha, Minas Gerais, pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Daniel Cruz (2) e William Barbio marcaram os gols no segundo tempo.

Com a vitória, o Boa chegou aos 21 pontos, mas permanece na lanterna da competição. O CSA segue com 40 pontos, na vice-liderança da Segundona.

Próxima rodada

O Boa Esporte pega o Coritiba na terça-feira (4), às 19h15, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, Paraná. O CSA enfrenta o Londrina no mesmo dia, às 20h30, no Estádio Rei Pelé, em Maceió.

Jogo morno

CSA e Boa Esporte fizeram um primeiro tempo sonolento em Varginha. Errando muito, os dois times pouco criaram no Dilzon Melo. Aos 13′, numa das chegadas do Azulão, Pio arriscou de longe, a bola desviou na zaga e assustou o goleiro Fabrício. O Boa devolveu o troco aos 16′, quando Rodrigão bateu, Felipe defendeu e Matheus afastou.

Aos 28′, Douglas Baggio finalizou e a bola passou por cima do travessão de Felipe. Apesar de aumentar o volume de jogo da metade para o final do primeiro tempo, o CSA não conseguiu engrenar com o sistema ofensivo.

Atuação irreconhecível e derrota

Ney da Matta trocou duas peças logo no intervalo e mostrou que queria mudar o jogo. Só que foi o volante Pio que finalizou primeiro. Aos 6′, ele mandou forte chute de longe e Fabrício defendeu. No lance seguinte, em bola parada, Rodrigão escorou, Barbio arrematou na trave, Daniel Cruz pegou o rebote e abriu o placar. Aos 13′, Baggio subiu e investiu sobre Velicka, tocou por baixo e Daniel Cruz aumentou o placar, anotando o segundo dele.

Num apagão geral, o CSA tomou o terceiro gol em 10 minutos. Bruno bateu escanteio, Aldo desviou e Barbio deixou o dele. Marcelo Cabo trocou Alemão, Velicka e Daniel Costa por Rubens, Juan e Victor Paraíba, só que o time não esboçou reação. Irreconhecível em campo, o CSA não conseguiu reagir e amargou a derrota para o Boa Esporte em Varginha.

FICHA TÉCNICA

BOA ESPORTE

1- Fabrício
2- Hélder
3- Rodrigo
4- Rafael Jensen
6- Kaio Cristian
5- Djavan
8- Cloves (18- Aldo, no intervalo)
7- Daniel Cruz (21- Alyson, aos 22′ do 2º tempo)
10- Bruno Tubarão
11- Thallyson (17- William Barbio, no intervalo)
9- Douglas Baggio

Técnico: Ney da Matta

Banco: 12- Darley, 14- Luan, 15- Jadson, 16- Maycon, 17- William Barbio, 18- Aldo, 19- Manoel, 20- Juninho Potiguar e 21- Alyson.

CSA

1- Felipe
22- Celsinho
3- Roger
4- Matheus Lopes
6- Velicka (16- Juan, aos 19′ do 2º tempo)
5- Yuri
30- Pio
7- Jhon Cley
10- Daniel Costa (20- Victor Paraíba, aos 31′ do 2º tempo)
19- Didira
9- Alemão (18- Alemão, aos 15′ do 2º tempo)

Técnico: Marcelo Cabo

Banco: 31- Mota, 13- Elivelton, 14- Xandão, 15- Dawhan, 16- Juan, 17- Echeverría, 18- Rubens, 20- Victor Paraíba e 25- Wellington Silva.

Gols
Boa Esporte: Daniel Cruz (7′ do 2º tempo e 13′ do 2º tempo) e William Barbio (16′ do 2º tempo).

Cartões Amarelos
Boa Esporte: Cloves, Rodrigão, Bruno Tubarão, Douglas Baggio e Kaio Cristian.

CSA: Jhon Cley, Didira.

Arbitragem
Árbitro: Daniel Nobre Bins (CBF/RS);
Auxiliar 1: Rafael da Silva Alves (CBF/RS);
Auxiliar 2: Michael Stanislau (CBF/RS);
4º árbitro: Ronei Candido Alves (CBF/MG).

Com reportagem do Portal TNH1.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: