AJC Group é a nova patrocinadora master do Boa Esporte

WhatsApp Image 2018-10-18 at 13.05.55

Na manhã de hoje, dia 18/10, o Diretor do Boa Esporte, Rildo Moraes, se reuniu com a equipe da AJC Group, empresa do ramo de Engenharia e Construção. O presidente Sr. Anderson Oliveira, e os Diretores, Flavio Guimarães e Fábio Bastos, trataram com Rildo a proposta de patrocínio à Equipe do Boa Esporte.

A AJC Group será a patrocinadora master da equipe Boveta nesta reta final do Campeonato Brasileiro – Série B, até 2019.

A estreia da marca em campo já será neste sábado, no confronto Boa x Guarani, às 16h30, em Varginha/MG.

3 comentários sobre “AJC Group é a nova patrocinadora master do Boa Esporte

  1. Agora que tem um forte patrocinador, esta na hora de sumir com este nome horrível de time de futebol e montar um time da nossa cidade. Exemplo: V.E.C. que seria o nosso Vergonha Esporte Clube. Ou então o nosso próprio Flamenguinho certo. Fora BOA, pois isto nunca foi nome de time de futebol. Vamos montar o nosso próprio time… Já passou da hora de sumir com estes forasteiros daqui de Varginha, usando e desfrutando de tudo que é nosso. Abraço a todos e fiquem todos com DEUS. EU SOU VARGINHENSE DE VERDADE.

    Curtir

  2. Uma investigação realizada por uma consultoria demonstrou que a AJC Holding – conhecida também como AJC Group ou ainda AllJaber Company – é uma das principais empresas pela qual um grupo de pessoas, especialmente seu “presidente” Anderson de Oliveira, adquire companhias que estejam em dificuldades econômicas, para se apossar do seu patrimônio. Após a formalização do negócio, surgem descumprimento das obrigações contratuais com os antigos sócios, trabalhistas com os funcionários das empresas compradas, e consumeristas com os clientes.

    https://pt.scribd.com/document/405957244/AJC-Group-Uma-Holding-de-Estelionatarios

    A empresa AJC Holding Intermediações e Participações S/A, razão social da AJC Group, possui como patrimônio de fato apenas suas 15 participações societárias, totalizando R$ 65.295.891,00. A holding figura como ré em todos os 46 processos judiciais coletados no relatório. 9 das referidas ações possui valor de causa igual ou superior a R$ 1 milhão. A empresa teve inclusive decretada a indisponibilidade do seus bens no processo nº 0011515-09.2018.5.15.0115, que tramita na 2ª Vara do Trabalho de Presidente Prudente/SP.

    https://pt.scribd.com/document/405958210/Investigacao-de-Ativos-do-Grupo-AJC

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s