careta-de-ricardo-oliveira-nas-comemoracoes-e-vista-como-provocacao-por-alguns-rivais-1520029616161_615x300.jpg

O Atlético-MG estreou no Campeonato Mineiro com o pé direito durante a tarde deste domingo. Jogando no Independência, o time alvinegro contou com um Ricardo Oliveira inspirado para vencer o frágil Boa Esporte por 5 a 0. O camisa 9 marcou os três primeiros gols do Galo, e Cazares e Elias completaram a goleada. Luan também foi destaque, com três assistências.

O duelo marcou a estreia de Réver em sua segunda passagem pelo clube de Belo Horizonte. Inclusive, ele assumiu a faixa de capitão na ausência de Leonardo Silva, que se recupera de lesão. Outro zagueiro que reforça o elenco e que atuou nesta tarde foi Igor Rabello, ex-Botafogo.

Com o resultado, o Atlético-MG marca seus primeiros três pontos e assume a liderança do Estadual, superando o segundo colocado Tupynambás no saldo de gols (5 a 4). Pela segunda rodada, o time dirigido por Levir Culpi enfrentará o Tombense na próxima quarta-feira, às 19h15 (de Brasília), em Tombos.

Apoiado pela torcida, o Galo precisou de apenas sete minutos para abrir o placar. Após cobrança de escanteio pela direita, Réver disputou por cima e viu a bola sobrar para Luan, que ajeitou para Ricardo Oliveira na entrada da pequena área. O atacante bateu por baixo, sem chances de defesa para o goleiro Renan Rocha.

Em boa triangulação, o Atlético-MG ampliou a sua vantagem. Após receber de Cazares, Luan deu grande passe para deixar Ricardo Oliveira na cara do gol. Com a frieza e categoria típicas, o camisa 9 tocou na saída do arqueiro. Ainda antes do intervalo, Elias bateu forte da entrada da área e acertou a trave. Victor, por sua vez, evitou o gol do Boa.

Aproveitando-se da fragilidade defensiva do Boa, Ricardo Oliveira marcou o seu terceiro gol na partida aos sete minutos da etapa final. Após boa jogada de Luan, Réver bateu colocado de fora da área. A bola desviou no meio do caminho e dificultou a defesa de Renan Rocha. No rebote, o centroavante chutou forte para estufar as redes.

Com a vitória bem encaminhada, o técnico Levir Culpi tirou o artilheiro da tarde para colocar Leandrinho em seu lugar. Aos 33 minutos, Cazares cobrou falta com categoria e contou com a ajuda do goleiro para fazer o quarto do Galo. No fim, Elias aproveitou bicicleta de Luan para completar e dar números finais à partida.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 5 X 0 BOA ESPORTE

Local: Estádio Independência, Belo Horizonte (MG)
Data: 20 de janeiro de 2019 (Domingo)
Horário: 17h (horário de Brasília)
Árbitro: Wanderson Alves de Souza
Assistentes: Ricardo Junio de Souza e Marcyano da Silva Vicente
Público:
Renda: R$
Cartão Amarelo: Elias e Patric (Atlético-MG); Gabriel Vieira (Boa Esporte)
Cartão Vermelho: –

Gols:

ATLÉTICO-MG: Ricardo Oliveira, aos 7, aos 25 minutos do 1º tempo, e aos 7 minutos do 2º tempo; Cazares, aos 33, e Elias, aos 43 minutos do 2º tempo

ATLÉTICO-MG: Victor; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; José Welison (Adilson), Elias, Cazares (Jair) e Luan; Chará e Ricardo Oliveira (Leandrinho)
Técnico: Levir Culpi

BOA ESPORTE: Renan Rocha; Chiquinho Alagoano, Márcio, Fernando Fonseca e Reiner (Denis); Gustavo Henrique, César Sampaio, Gabriel Vieira (Edenilson), Gindré (James Dean) e Kaio Cristian; Jayme
Técnico: Tuca Guimarães

Com reportagem do site Gazeta Esportiva.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s