boa-atletico-mg-mineiro-2803-1024x578

A proximidade da partida contra o Zamora-VEN, pela terceira rodada do Grupo E da Copa Libertadores, já contagia o ambiente da Cidade do Galo. A hora, entretanto, é de o Atlético focar num desafio regional e deixar a competição continental para depois. Afinal, a equipe comandada pelo técnico Levir Culpi enfrentará o Boa Esporte neste sábado, a partir das 18h. O jogo no Melão, em Varginha, vale pela ida da semifinal do Campeonato Mineiro.

Só depois é que o Atlético poderá concentrar todas as forças no duelo decisivo pela Libertadores, marcado para a próxima quarta-feira, às 19h15, no Mineirão. Vencer o Zamora é fundamental para as pretensões alvinegras na competição. No Mineiro, o jogo de volta da semifinal contra o Boa será no domingo seguinte, a partir das 16h, também no Gigante da Pampulha.

Em meio a tantos compromissos decisivos, Levir Culpi “quebra” a cabeça no planejamento sobre qual equipe escalar em Varginha. Ao menos pelo treinamento da última quarta-feira – o único da semana integralmente aberto aos jornalistas -, a tendência é que o técnico opte pela formação considerada titular contra o Boa.

Levir, porém, preferiu manter o mistério e não confirmou se utilizará o time principal ou uma equipe alternativa neste sábado. “Não tenho costume de dizer a escalação, embora seja difícil de esconder a escalação com vocês (jornalistas) por perto. Todo mundo fica sabendo, de uma maneira ou de outra. É importante segurar às vezes, porque é uma dificuldade a mais que você acaba colocando para o adversário. Não que isso vá representar vitória, mas ninguém gosta de dizer o que vai fazer”, despistou o treinador.

Se optar pela formação que escalou no treinamento de quarta, Levir deve promover apenas uma mudança em relação ao time que venceu por 3 a 1 o Tupynambás, no Mineirão, pelas quartas de final do Estadual: a entrada de Maicon Bolt na vaga de David Terans no lado esquerdo do ataque.

“Eu preciso entrar e fazer algo diferente. Fazer algumas jogadas que talvez o time não esteja fazendo, buscar coisas diferentes para poder chamar atenção do Levir, chamar atenção da torcida, para que ela me abrace e me ajude nesse momento”, disse Bolt.

Fora do último jogo, o volante Adilson deve ser desfalque novamente em função de dores no joelho direito. Jair treinou na vaga. Por outro lado, o atacante Yimmi Chará volta a ficar à disposição de Levir Culpi após defender a Seleção Colombiana em amistosos contra Japão (vitória por 1 a 0) e Coreia do Sul (derrota por 2 a 1).

Logística
A preocupação com a partida da Copa Libertadores fez o Atlético se planejar de forma especial para a partida contra o Boa. Depois do treinamento fechado na manhã dessa sexta-feira, o elenco seguiu concentrado no CT. À tarde, partiu em voo fretado para Varginha. O retorno a Belo Horizonte está marcado para 7h50 deste domingo.

O adversário
Campeão do interior pela terceira vez, o Boa Esporte não tem desfalques para a partida contra o Atlético. O auxiliar Cesinha, que ocupa o cargo de técnico de forma interina, mantenha a equipe que empatou com o Tombense no último sábado, por 1 a 1, no Melão. Depois da igualdade, a equipe de Varginha se classificou para a semifinal ao vencer nos pênaltis, por 3 a 0.

O jogo contra o Atlético é encarado como a chance de demonstrar a volta por cima do Boa durante o Campeonato Mineiro. Afinal, as equipes se enfrentaram na estreia da competição, em 20 de janeiro, no Independência. O resultado? Goleada alvinegra por 5 a 0, com gols de Ricardo Oliveira (três), Elias e Cazares.

“A gente sabe da qualidade da equipe do Galo, é indiscutível. Mas a gente acredita na gente. Podemos chegar mais longe nesse campeonato. O que passou, passou. Agora, é manter o foco, a cabeça no lugar, para que a gente possa surpreender o Galo aqui dentro de casa”, disse o zagueiro Ferreira.

VAR
A partida marcará a estreia da arbitragem de vídeo no Campeonato Mineiro. Estarão na cabine do VAR quatro profissionais: Heber Roberto Lopes (árbitro de vídeo), Ivan Carlos Bohn (assistente), Gilberto Corrale (supervisor) e Cláudio Luís Silva de Freitas (quality manager).

BOA ESPORTE X ATLÉTICO

Boa Esporte
Renan Rocha; Chiquinho Alagoano, Fernando Fonseca, Ferreira e Tsunami; César Sampaio, Claudeci e Edenilso; Jayme, Kaio Cristian e Gustavo Henrique
Técnico: Cesinha

Atlético
Victor; Guga, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Zé Welison e Jair; Luan, Cazares e Maicon Bolt; Ricardo Oliveira
Técnico: Levir Culpi

Motivo: jogo de ida da semifinal do Campeonato Mineiro
Data e horário: sábado, 30 de março de 2019, às 18h
Local: Estádio Municipal Prefeito Dilzon Luiz de Melo, o ‘Melão’, em Varginha (MG)

Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Helton Nunes (SC) e Celso Luiz da Silva (SC)

Com reportagem do site Super Esportes e arte da Gazeta Esportiva.

Um comentário em “Boa Esporte x Atlético: Escalações, desfalques, VAR e muito mais!

  1. Sera um grande jogo, pode ate dar uma Zebrinha ai, mais as chances do Boa é Zero. Boa tem um time fraco, sem poder de fogo. Nem em casa joga bem!!! Pois a prova foi o ultimo jogo, venceu nos pênaltis no erro do adversário e na pura sorte. Então eu acho que vai dar Galo na cabeça.

    Curtir

Deixe uma resposta para Jacy Donizetti de Souza Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s