TA NA REDE

A Copa do Brasil 2019 já está nas fases mais agudas da competição, com 7 dos 8 times já classificados para as quartas de finais, faltando apenas o resultado do confronto de hoje, entre Santos e Atlético Mineiro, no estádio do Pacaembu.

Outros times já classificados são: Internacional, que passou sem problemas pela equipe do Paysandu. Palmeiras que derrotou facilmente o time do Sampaio Corrêa. Grêmio, que derrotou o Juventude e Bahia, que surpreendeu e derrotou o São Paulo. Todas estas partidas foram decididas na semana passada.

Esta semana tivemos ótimos confrontos, com a melhor partida em questões técnicas destas oitavas de final, que foi entre Flamengo e Corinthians, um jogo muito bom muito, bem disputado, a equipe paulista havia perdido o primeiro confronto em casa pelo placar de 1×0 e buscava pelo menos uma vitória com o mesmo resultado, para levar a partida para as penalidades. O Corinthians, se portou muito bem no Maracanã tentando fazer o resultado, e aos 35 do primeiro tempo Ralf acertou uma verdadeira pancada de fora da área, que explodiu no travessão. O Flamengo reagiu e foi pra cima obrigando o goleiro Cássio a fazer belas defesas.

O jogo foi para o intervalo e no retorno a postura dos times continuou a mesma, indo pra cima. O Corinthians continuou tentando e Diego Alves fez grandes defesas salvando o Flamengo. Apesar da insistência corintiana quem balançou as redes foi o Flamengo, com Rodrigo Caio, aos 85 minutos, recebendo um cruzamento de bola parada, cobrada por Everton Ribeiro. O técnico Carille tentou uma reação colocando mais atacantes mas o placar terminou assim Flamengo 1 Corinthians 0 e o Timão eliminado da competição. Apesar da derrota, o Corinthians fez sua melhor partida no ano, recebendo vários elogios pela forma como jogou.

Outro conforto bem disputado, foi entre Cruzeiro e Fluminense no Mineirão. Após o empate por 1 x 1 no Maracanã, as duas equipes buscavam a vitória para conseguir a classificação. Já aos 7 minutos, o árbitro marcou pênalti de Dedé em cima de Brenner, Paulo Henrique Ganso foi para a cobrança e Fábio defendeu, no rebote Luciano consegue cabecear para o fundo do gol. Porém o VAR interferiu no lance, alegando invasão dupla na área, então uma nova cobrança foi assinalada. Desta vez, PH Ganso, não desperdiçou e marcou para o Fluminense. A equipe mineira, que está vivendo uma crise interna e também nos gramados, sentiu o golpe e não conseguia impor seu jogo, sendo completamente dominada pelo
adversário. Até que aos 25 minutos, Fred teve uma dividida com Caio Henrique e acabou se lesionando, dando lugar para Sassá. Depois desta mudança, o time celeste melhorou
bastante no jogo e Sassá quase empatou a partida aos 47 do primeiro tempo, mas acabou finalizando para fora e assim terminou a primeira etapa.

No segundo tempo o Cruzeiro fez mais uma alteração, saiu Marquinhos Gabriel e entrou Pedro Rocha, com as mudanças o time de Minas conseguiu ter mais volume de jogo, e foi pra cima. Aos 13 minutos do segundo tempo, Thiago Neves marcou de cabeça, após receber passe de Ariel Cabral depois da cobrança de escanteio. O gol animou a torcida no Mineirão, aos 17 minutos Pedro Rocha sofreu pênalti e Sassá foi para a cobrança, porém ele bateu muito mal e Agenor faz a defesa. Após o pênalti perdido a raposa não desistiu e aos 31 minutos Lucas Romero foi derrubado dentro da área, com o auxílio do VAR o árbitro marcou penalidade para o Cruzeiro. Desta vez, Thiago Neves foi para a cobrança e converteu sem problemas. Após sofrer o segundo gol, a equipe de Fernando Diniz foi com tudo para cima, o técnico tirou os 2 zagueiros e colocou atacantes tentando sufocar a raposa, e acabou dando certo. Nos acréscimos, João Pedro recebeu cruzamento na área e fez um lindo gol de bicicleta, sem chances para o goleiro Fábio que já havia feito 2 milagres.

Após o gol o juiz termina a partida e o jogo foi para a cobranças de pênaltis. Lucas Silva foi o primeiro a bater e chutou pra fora, PH Ganso também desperdiçou, Lucas Romero foi o segundo do clube mineiro e finalizou na trave, Caio Henrique bateu e guardou para o Fluminense, na sequência Pedro Rocha também fez o dele. Neste momento a disputa estava em 1×1. João Pedro o autor do golaço de bicicleta cobrou e Fábio fez a defesa, Sassá teve nova oportunidade e não desperdiçou, Gilberto bateu e acertou na trave, a
última cobrança ficou para TN10 o homem do jogo que bateu e marcou, final Cruzeiro 3 x 1 Fluminense. Raposa classificada para as quartas, haja coração amigo.

No outro confronto, o Athletico Paranaense fez valer seu mando de campo e eliminou o Fortaleza pelo placar de 1×0. Os confrontos da próxima fase da competição, serão definidos por sorteio e só vão acontecer após a Copa América.

PEDRO SARTO

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s