Ex-jogador do Santos, Palmeiras e Coritiba, renova contrato com equipe Japonesa aos 52 anos

japan_oldest_scorer_s_amar

Jogador japonês, recordista de longevidade no futebol profissional, vai começar sua 35ª temporada seguida.

Aos 52 anos e já dono do recorde de jogador mais velho a atuar profissionalmente, o japonês Kazuyoshi Miura, que jogou no Brasil na década de 80, renovou contrato com o Yokohama para mais uma temporada. O time, vice-campeão da segunda divisão japonesa em 2019, subiu para disputar a J-League em 2020.

Kazu, como ficou conhecido no Brasil, nasceu em Shizuoka, e aos 15 anos viajou para São Paulo, atuando nas divisões de base da Juventus. Jogou por Santos e Palmeiras, em 1986, seu primeiro ano como profissional. Também atuou no Matsubara, CRB, XV de Jaú, Coritiba e, novamente, no Santos, em 1990, quando voltou para o Japão.

O Yokohama estreará na J-League contra o Vissel Kobe no dia 23 de fevereiro, apenas três dias antes do aniversário de 53 anos de Kazu. A temporada 2020 será a 35ª consecutiva do atacante. Kazu jogou pela seleção japonesa entre 1990 e 2000, com 55 gols marcados em 89 partidas, tendo participado da conquista da Copa da Ásia, em 1992.

No Brasil, Kazu foi campeão alagoano pelo CRB, em 1987, e paranaense pelo Coritiba, em 1989. Foi campeão croata pelo Croácia Zagreb, em 1999, e campeão japonês quatro vezes pelo Tokyo Verdy (1991, 1992, 1993 e 1994), além de ter vencido a segunda divisão japonesa com o Yokohama em 2006.

Com reportagem do site Globo Esporte.com e foto de Kyodo News via AP.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: