Coadjuvantes no Mineiro, Atlético e Cruzeiro correm risco de disputar Troféu Inconfidência

Imagem3

Disputadas sete rodadas do Campeonato Mineiro, o América aparece como líder, com 17 pontos, seguido de Tombense, Caldense e Cruzeiro, com 14.

Único clube mineiro na elite nacional em 2020, o Atlético é apenas o quinto colocado, com 12 pontos. Coadjuvantes até o momento no Estadual, Galo e Raposa correm o risco de ficar fora da semifinal e, por consequência, de ir de forma compulsória ao Troféu Inconfidência, mini torneio para os clubes que terminarem a fase inicial entre o 5º e o 8º lugares.

A disputa será com jogos de ida e volta do 5º contra o 8º e do 6º contra o 7º. As datas serão as mesmas das semifinais: 5 e 12 de abril.

Os classificados disputarão a decisão do Troféu Inconfidência nas mesmas datas previstas para as finais do Campeonato Mineiro: 19 e 26 de abril.

O regulamento do Estadual 2020 prevê a participação de América, Atlético e Cruzeiro no Troféu Inconfidência caso eles não consigam classificação à semifinal.

O Artigo 21 do Campeonato Mineiro ainda impede que clubes se recusem a disputar o Troféu Inconfidência. “A recusa da disputa do Troféu Inconfidência por qualquer uma das equipes participantes do Campeonato Mineiro SICOOB 2020 caracterizará abandono da Competição, nos termos dos art. 67 e 68 do RGC 2020”.

Por sua vez, os Artigos 67 e 67 do Regulamento Geral de Competições preveem rebaixamento, multa e suspensão para clubes que se recusarem a disputar qualquer fase do Campeonato Mineiro.

“Art. 67 – Em caso de desistência, abandono ou exclusão de competição profissional, o clube ficará automaticamente rebaixado para a divisão imediatamente inferior, além de estar sujeito, nas duas últimas hipóteses, a uma multa de até R$200.000,00 (duzentos mil reais) e suspensão de 02 (dois) anos de todas as competições chanceladas pela DCO, sem prejuízo das penas eventualmente impostas pela Justiça Desportiva.

Art. 68 – Em caso de desistência, abandono ou exclusão de competição não profissional, o clube ficará automaticamente rebaixado para a divisão imediatamente inferior (caso ela exista), além de ser suspenso por 02 (dois) anos de todas as competições de base chanceladas pela DCO, sem prejuízo das penas eventualmente impostas pela Justiça Desportiva”.

Clássico de sábado ganha importância
Diante do risco de Atlético e Cruzeiro ficarem fora da semifinal e de disputarem o mini torneio entre os “retardatários” do Mineiro, o clássico de sábado, às 19h, no Mineirão, pela oitava rodada, passa a ter ainda mais valor. O vencedor se garantirá por ao menos uma rodada no G4. O perdedor ficará na “zona do Troféu Inconfidência”.

No momento, os integrantes do mini torneio seriam Atlético (12), URT (10), Patrocinense (9) e Uberlândia (7).

Já os rebaixamentos ao Módulo II seriam Coimbra, com quatro pontos, e Tupynambás, com dois.

Recopa do Interior
Outra novidade do Campeonato Mineiro 2020 é a criação da Recopa do Interior, disputada entre o campeão do Troféu Inconfidência e o time do interior mais bem posicionado na fase inicial. É o que prevê o Artigo 23 do Regulamento.

“Os clubes Campeão do Interior e Campeão do Troféu Inconfidência disputarão o título de Campeão da Recopa do Interior através de 2 (duas) partidas, cada uma em seu respetivo mando (com o Campeão do Interior fazendo o segundo jogo em casa).

§1º – Na hipótese de América, Atlético e Cruzeiro se sagrarem Campeão do Troféu Inconfidência, a Recopa do Interior será disputada entre o Campeão do Interior e clube do interior mais bem colocado no Troféu Inconfidência.

§2º – Consideram-se do interior todos os clubes participantes do Campeonato Mineiro SICOOB 2020, exceto América, Atlético e Cruzeiro”.

Leia, a seguir, os trechos do regulamento sobre os dois torneios:
TROFÉU INCONFIDÊNCIA
Art. 16 – Os clubes classificados entre o 5º (quinto) e o 8º (oitavo) lugar na fase classificatória serão distribuídos em dois grupos de dois clubes cada. Os clubes jogarão duas vezes dentro de seus respectivos grupos, cada um exercendo seu mando. Salvo disposição diversa (art. 17), esta será a ordem dos confrontos:

GRUPOS Semifinais do Troféu Inconfidência

E 8ª Melhor Campanha X 5ª Melhor Campanha
F 7ª Melhor Campanha X 6ª Melhor Campanha
E 5ª Melhor Campanha X 8ª Melhor Campanha
F 6ª Melhor Campanha X 7ª Melhor Campanha

§1º – Os jogos das semifinais do Troféu Inconfidência serão realizados nas mesmas datas das semifinais do Campeonato Mineiro SICOOB 2020.

§2º – Se os dois melhores colocados em cada grupo pretenderem jogar a primeira partida da fase Semifinal em casa, exercendo seu mando, deverão informar sobre esta decisão à DCO até às 14h (quatorze horas) do primeiro dia útil subsequente ao término da fase classificatória. Caso não haja manifestação, a ordem será a do artigo anterior.
Art. 17 – Classificam-se para a final do Troféu Inconfidência os clubes que, dentro de seu grupo, obtiverem maior número de pontos.

Parágrafo único – Realizados os dois jogos de cada grupo e empatados os clubes em número de pontos, utilizar-se-ão os seguintes critérios de desempate, nesta ordem: a) maior saldo de gols na fase semifinal, ou seja, consideradas as duas partidas; b) melhor colocação na fase classificatória.

Art. 18 – Os dois clubes classificados da fase semifinal se enfrentarão em um grupo e disputarão dois jogos, cada um exercendo seu mando (a ordem abaixo será definida pela colocação na fase classificatória).

GRUPO Final
G Vencedor F X Vencedor E
G Vencedor E X Vencedor F

§1º – Os jogos das finais do Troféu Inconfidência serão realizados nas mesmas datas das finais do Campeonato Mineiro SICOOB 2020.

§2º – Se o melhor colocado na fase classificatória pretender jogar a primeira partida das finais em casa, exercendo seu mando, deverá informar sobre esta decisão à DCO até às 14h (quatorze horas) do primeiro dia útil subsequente ao término das semifinais. Caso não haja manifestação, o clube de melhor campanha na fase classificatória decide em casa.

Art. 19 – Será Campeão do Troféu Inconfidência 2020 o clube com maior número de pontos na final.

Parágrafo único – Realizados os dois jogos e empatados os clubes em número de pontos, utilizar-se-ão os seguintes critérios de desempate, nesta ordem: a) maior saldo de gols na fase final, ou seja, consideradas as duas partidas; b) melhor colocação na fase classificatória.

Art. 20 – Caso o Estado Minas Gerais tenha direito a uma 5ª (quinta) vaga para a Copa do Brasil 2021, está será designada para o Campeão do Troféu Inconfidência 2020.

Art. 21 – A recusa da disputa do Troféu Inconfidência por qualquer uma das equipes participantes do Campeonato Mineiro SICOOB 2020 caracterizará abandono da Competição, nos termos dos art. 67 e 68 do RGC 2020.
CAMPEÃO DO INTERIOR
Art. 22 – Concluído o Campeonato Mineiro SICOOB 2020, independente do Troféu Inconfidência, o clube do interior melhor colocado receberá o troféu de Campeão do Interior, obedecendo-se os seguintes critérios:

I – Caso apenas 1 (um) clube do interior se classifique para a fase semifinal ou para a fase final, este será considerado o campeão do interior.

II – Caso 2 (dois) clubes do interior se classifiquem para a fase final, o campeão do Campeonato será considerado, de igual forma, campeão do interior, fazendo jus aos dois troféus.

III – Caso 2 (dois) clubes do interior se classifiquem para a fase semifinal e sejam desclassificados, ou seja, não alcancem a final, disputarão o título de campeão do interior através de 2 (duas) partidas, cada uma em seu respetivo mando (com a equipe melhor colocada na fase classificatória fazendo o segundo jogo em casa).

a) Na hipótese do item III, será declarado campeão do interior o clube com maior número de pontos ao final das 2 (duas) partidas. Em caso de empate no número de pontos, o clube com melhor saldo de gols, neste confronto, será o campeão. Persistindo o empate, a decisão se dará após cobrança de pênaltis, de acordo com os critérios adotados pela International Board.

Parágrafo único – Consideram-se do interior todos os clubes participantes do Campeonato Mineiro SICOOB 2020, exceto América, Atlético e Cruzeiro.
RECOPA DO INTERIOR
Art. 23 – Os clubes Campeão do Interior e Campeão do Troféu Inconfidência disputarão o título de Campeão da Recopa do Interior através de 2 (duas) partidas, cada uma em seu respetivo mando (com o Campeão do Interior fazendo o segundo jogo em casa).

§1º – Na hipótese de América, Atlético e Cruzeiro se sagrarem Campeão do Troféu Inconfidência, a Recopa do Interior será disputada entre o Campeão do Interior e clube do interior mais bem colocado no Troféu Inconfidência.

§2º – Consideram-se do interior todos os clubes participantes do Campeonato Mineiro SICOOB 2020, exceto América, Atlético e Cruzeiro.

Art. 24 – Será Campeão da Recopa do Interior o clube com maior número de pontos ao final das 2 (duas) partidas. Em caso de empate no número de pontos, o clube com melhor saldo de gols, neste confronto, será o campeão. Persistindo o empate, a decisão se dará após cobrança de pênaltis, de acordo com os critérios adotados pela International Board.

Art. 25 – Os jogos das finais da Recopa do Interior serão realizados em datas posteriores às das finais do Campeonato Mineiro SICOOB 2020, através de designação da DCO, após consulta às equipes finalistas.

Art. 26 – A recusa da disputa da Recopa do Interior por qualquer uma das equipes habilitadas caracterizará abandono da Competição, nos termos dos art. 67 e 68 do RGC 2020.

Com reportagem do site Superesportes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: