Com sete brasileiros, começa a fase de grupos da Libertadores/2020

images (3)

Começa nesta terça-feira, dia 3 de Março, com 32 clubes separados em oito grupos, a fase mais longa e intensa da Copa Libertadores de América/2020.

Além do Flamengo, o detentor do título de campeão, o Brasil pôde inscrever sete times na competição. De todos, apenas o Corinthians, obrigado a disputar uma etapa de pré-classificação, caiu, imediatamente, sobrepujado pelo Guarani do Paraguai. O Internacional de Porto Alegre, também na mesma etapa, conseguiu se qualificar e agora se agrega ao “Urubu”, ao Athletico/PR, ao Grêmio, ao Palmeiras, ao Santos e ao São Paulo. Por uma ironia do bingo da Conmebol, coube aos dois gaúchos se acomodarem na mesma chave.

Agora na sua edição de número 61, esta Libertadores se inaugurou em 21 de Janeiro, com 47 times dos dez países afiliados à entidade que administra o Futebol na América do Sul: Brasil (8 vagas), Argentina (6), Equador (4 e mais o Independiente del Valle, campeão da Sul-Americana), e os outros com 4 equipes cada (Bolívia, Chile, Colômbia, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela). Antes dos grupos houve 30 cotejos em que se registraram 62 tentos, média precária de 2,07 – na Champions e na Europa League, já nas suas oitavas-de-final, a média é de, respectivamente, 3,18 e 2,78 gols por prélio.

A fase de grupos, todos contra todos em turno e returno, se estenderá até o dia 7 de Maio. Primeiros e segundos se promoverão às oitavas-de-final, a se desenvolver entre 21 e 30 de Julho. Os terceiros colocados serão repescados na Sul-Americana. Depois das oitavas ocorrerão as quartas-de-final (entre 18 e 27 de Agosto), as semis (entre 22 de Setembro e 1º de Outubro), e daí a decisão. Desde 2019, quando o Flamengo bateu o River Plate da Argentina por 2 X 1 em Santiago do Chile, uma decisão da Libertadores acontece em partida única e numa sede pré-determinada. Desta vez, já programada para 21 de Novembro, a grande porfia se desenrolará no estádio do Maracanã, Rio.

Eis os jogos dos brasileiros na rodada de abertura:

Dia 3, terça-feira:

Grupo C
ATHLETICO PARANAENSE X PEÑAROL (Uru)
Arena da Baixada, Curitiba, 42.372 lugares
Árbitro: Éber Aquino (Par)

Grupo E
INTERNACIONAL X UNIV. CATÓLICA (Chi)
Estádio Beira-Rio, Porto Alegre, 50.128 lugares
Árbitro: Ángel Arteaga (Ven)

AMÉRICA DE CALI (Col) X GRÊMIO
Estádio Pascual Guerrero, 34.405 lugares
Árbitro: Guillermo Guerrero (Que)

Grupo G
DEFENSA Y JUSTÍCIA (Arg) X SANTOS
Estádio Tito Tomaghello, Florencio Varela, 18.000 lugares
Árbitro: Gustavo Tejera (Uru)

Dia 4, quarta-feira

Grupo A
JUNIOR BARRANQUILLA (Col) X FLAMENGO
Metropolitano Roberto Meléndez, 60.788 lugares
Árbitro: Alexis Herrera (Ven)

Grupo B
TIGRE (Arg) X PALMEIRAS
Estádio José Dellagiovanna, Victoria, 26.282 lugares
Árbitro: Wilmar Roldán (Col)

Dia 5, quinta-feira

Grupo D
ESCUELA BINACIONAL (Per) X SÃO PAULO
Estádio Guillermo B. Rosamedina, Juliaca, 20.030 lugares
Árbitro: José Mendez (Par)

Com reportagem do site R7.com.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: